05 junho 2015

Projeto 52 Semanas / 3ª Semana - Curso / Profissão que escolhi


Oi gente. No primeiro post do Projeto eu falei um pouco sobre a profissão que escolhi e disse que prepararia um post porque era um assunto extenso. E realmente é. Eu já tinha preparado o post, até que surgiu esse tema do projeto, então eu completei com mais algumas informações. Ficou meio desabafo, meio explicação, então, preparem-se kkk

Sempre tive vontade de ser professora. Do Ensino Fundamental para o Médio eu até cheguei a fazer prova para um colégio técnico e acabei passando, mas como eu queria ser professora, fui para um colégio normalista (tem post aqui). Estudei Integral praticamente os 3 anos, conheci pessoas que levo no coração até hoje, até cheguei a trabalhar na área por uns 4 ou 5 meses, mas cheguei naquela fase de escolher a faculdade.

Estágio na Educação Infantil ♥
Uma foto publicada por Karen Moraes (@karenlmoraes) em


Meu sonho era estudar Letras ( Português e Inglês ) na UFRJ. Fiz pré-vestibular, mas no 3º ano do Ensino Médio não conseguia me dedicar para o ENEM pois tinha estágio até de noite. Como era de se esperar eu não passei na primeira tentativa, então tentei um curso técnico pelo Pronatec. Foi nesse momento que o meu coração se dividiu. Eu passei para o técnico em Radiologia na Estácio e descobri que eu me identificava muito com todo aquele mundo.

No meio do ano passado abriu inscrição de novo tanto para o Sisu quanto para o Prouni. A nota de corte pra Letras nas Federais já tinham ultrapassado a minha média, então escolhi Pedagogia na UFF de Santo Antônio de Pádua pelo Sisu. Onde eu fazia o técnico também abriram 2 vagas para Radiologia através do Prouni, então eu me inscrevi também.

O que eu não esperava era ser aprovada nos dois. Óbvio que minha primeira opção era ir pra UFF, já que eu tinha o sonho de estudar em uma Universidade Federal, mas não vou mentir, coloquei um monte obstáculos que não existiam. Deixa eu explicar melhor: Se eu fosse pra lá, eu teria que ir pra morar, pois é muito, muito longe da minha cidade. E na época além da minha família e meus amigos que eu iria deixar aqui, eu também namorava. 

Escolhi Radiologia, que apesar de não ser perto da minha casa e eu chegar quase às 1h da manhã, pelo menos eu posso voltar pra casa todos os dias. Se eu me arrependo de não ter ido pra UFF? Sim, porque desisti por motivos que não valiam a pena (somente minha família, que por incrível que pareça me apoiaram mais do que eu esperava pra ir), mas prefiro não pensar muito nessas coisas, acredito que tudo acontece pela vontade de Deus.


Esse ano eu me inscrevi pra Universidade Federal de Recife para Radiologia, pois no Rio não tem. Fiquei em uma posição legal, mas não passei, mesmo assim fiquei super feliz e agora no meio do ano vou me inscrever de novo. Enfim, eu sou apaixonada por Anatomia, Física, Matemática, acho que não fiz uma escolha ruim kk Mas se tem uma coisa que escuto muito é: "você vai morrer de cancêr, isso se conseguir um emprego."
Meu bolo de aniversário 1.9 ♥
Uma foto publicada por Karen Moraes (@karenlmoraes) em

Deixa eu explicar uma coisa, existe a exposição a radiação? Sim, existe, mas é de forma controlada através de um dosímetro medido todos os meses pra saber se naquele mês ultrapassou a dose que seria considerada "segura". Além disso, existe os EPIs e EPCs que são os Equipamentos de Proteção Individual e Coletivo.

Sobre a dificuldade de conseguir um emprego, eu sei que muita gente se forma e depois de dois anos ainda não conseguiu exercer a função, mas gente, a tendência é acontecer isso com as outras profissões também. Existe uma solução: Estudar muito, se dedicar e investir para passar em um concurso público.



 Curso: Radiologia
 Duração: 3 anos
 Algumas áreas de atuação: Raio x convencional, Tomografia computadorizada, Radioterapia, Mamografia,  Radiologia industrial, Radiologia veterinária.
 Símbolo do curso: 
Trifólio: representa o símbolo internacional indicativo da presença de radiação ionizante, com a qual labutam os profissionais das técnicas radiológicas;
Bastão: representa o poder daquele que tem a formação profissional o conhecimento técnico e científico das aplicações das técnicas radiológicas.
Serpente: representa a ciência, a sabedoria e a transmissão do conhecimento compreendido de forma sábia.
Átomo: aqui apresentado em sua forma espacial, representando a energia, em todas as suas formas, simbolizando a aplicação da mesma em outras áreas nas quais atuam o profissional Tecnólogo e Técnico em Radiologia.
Roda dentada: simboliza as áreas industriais, cuja atuação cabe também ao profissional das técnicas radiológicas.
Este tecnólogo opera equipamentos de diagnóstico por imagem que produzem radiografas convencionais ou digitais, empregados tanto na área médica quanto na industrial e de engenharia. Na Medicina, as imagens ajudam a identificar alterações e patologias em órgãos internos do corpo humano, em exames de raios X ou de ressonância magnética, por exemplo. Em Engenharia, o tecnólogo utiliza os aparelhos para rastrear estruturas metálicas e tubulações de edifícios escondidas sob o concreto ou a fuselagem de aeronaves, com o objetivo de localizar e corrigir defeitos na construção de aviões. Na indústria farmacêutica e na alimentícia, esse profissional atua com físicos e engenheiros de alimentos na operação de fontes radioativas empregadas na esterilização de medicamentos e alimentos. Ele pesquisa melhorias na qualidade das imagens e a segurança dos aparelhos. A fim de exercer a profissão é necessário fazer o registro no Conselho Regional de Técnicos em Radiologia.
É uma graduação tecnológica e muita gente tem dúvida se é considerado ensino superior, é sim tá gente, reconhecido pelo MEC.

Para finalizar, sou professora sim, com orgulho e estou caminhando para minha graduação em Radiologia.

Se você leu até aqui, vem cá, me abraça  kkkkkk
Se identificou ? Conheça mais:
Guia do Estudante
Portal da Radiologia

Post em parceria com as lindas:

4 comentários:

  1. Parabéns pela tua escolha.
    Foi bem legal conhecer um pouquinho da tua (futura) profissão
    Pode apostar que com bastante dedicação você vai alcançar teus sonhos e objetivos.
    Obs. Li até o final, vem cá me abraçar (hahaha)
    Um beijo parceira linda

    https://atesegunda.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn que linda ! Obrigada, merece um milhão de abraços \o/ rs

      Excluir
  2. Olá Karen! Parabéns pela sua escolha! Às vezes a gente se arrepende das escolhas que faz, mas acredite, vc ainda terá chance de entrar numa universidade pública, pois nunca é tarde para realizar sonhos. E se vc tivesse entrado na UFF, provavelmente não teria tido as experiências nem amizades que hj vc tem no técnico...
    Mas enfim, coisas da vida... ^^
    Bjks!
    Hanna Carolina.
    http://livrosdahanna.blogspot.com

    ResponderExcluir